Economia, Fiscalização, Notícias

TCDF acata representação de Júlia Lucy que aponta sobrepreço em licitações do IGES-DF

O Tribunal de Contas do Distrito Federal acatou hoje (26) representação apresentada pela deputada Júlia Lucy (Novo) que aponta fortes indícios de sobrepreço em procedimento de aquisição realizado pelo Instituto de Gestão Estratégica de Saúde do DF (IGES). O processo de aquisição e cotação de cadeiras pelo Instituto foi alvo de fiscalização realizada pela parlamentar e resultou na representação junto ao TCDF. A Corte de contas acatou, por unanimidade, a representação e deu o prazo de 15 dias para IGES apresente defesa.

A fiscalização realizada por Júlia Lucy identificou um provável sobrepreço no processo de cotação de 1 mil cadeiras tipo longarina para serem utilizadas pelo Instituto.

No Instrumento Convocatório n° 046/2019, o Instituto cotou 1 mil cadeiras ao preço de R$ 1.660,00 por unidade, totalizando uma futura compra de R$ 1.660.00,00. No entanto, a equipe da deputada encontrou em pesquisa com fornecedores cadeiras do mesmo tipo a preços da ordem de R$ 570,00 e R$ 820,00.

Decisão do TCDF publicada no DODF de 26/11/2019

A representação coloca ainda em dúvida aquisições de cadeiras de roda e cadeiras de banho hospitalares, fruto do Ato Convocatório n° 132/2018.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Gabinete online!