Fiscalização, Notícias, Saúde

Júlia Lucy fiscaliza denúncia no Hospital de Sobradinho

“Após receber denúncia de que mulheres estavam parindo nos corredores do Hospital, vim conferir a situação para cobrar da Secretaria de Saúde por que não houve o planejamento de estrutura e remanejamento de pessoal após mudanças no remanejamento de gestantes na rede pública”, explica a deputada.  

Procuradora da Mulher na Câmara Legislativa a deputada Júlia Lucy (NOVO) foi até o Hospital Regional de Sobradinho, na manhã desta quinta-feira (5), para conferir a denúncia de que mulheres estavam parindo nos corredores da unidade.

Júlia Lucy visitou as estruturas e conversou com a enfermeira responsável, que explicou que o problema começou a acontecer pontualmente após o hospital ter uma sobrecarga de atendimentos de 40%, sem que isso acarretasse melhorias na estrutura e aumento de efetivo dos profissionais. “O parto é muito importante na vida de qualquer mulher. Se há uma mulher parindo no corredor, nós vamos atuar para que essa situação não se repita”, explicou

A Portaria nº 1.321, de 14 de dezembro de 2018, da Secretaria de Estado de Saúde do DF, institui a vinculação do componente parto e nascimento da Rede Cegonha e normatizou os critérios de admissão hospitalar, encaminhamento e remoção das mulheres gestantes entre as unidades da rede pública. Isso ampliou a demanda do Hospital de Sobradinho, que passou a receber pacientes de outras localidades, em especial de Planaltina de Goiás.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Gabinete online!